A EM não me impede de ter força interior

Shruti, 46, Índia

A EM não é um impedimento para mim. Ela não me deteve quando fui diagnosticada, mesmo com crianças bem pequenas na ocasião. Na verdade a EM fez de mim uma pessoa mais determinada para poder levar uma vida produtiva, aconteça o que acontecer. A EM teve muitos aspectos positivos para mim. Com ela, pude ver quem são meus verdadeiros amigos e vi também como posso ser mentalmente forte.

Trabalho em uma escola e sou voluntária na Multiple Sclerosis Society of India (MSSI) (Sociedade de Esclerose Múltipla da Índia), mas o padrão imprevisível de dias bons e ruins me impede de trabalhar em tempo integral. Fico triste por não poder ganhar o suficiente, embora saiba que posso fazer um excelente trabalho.

Os problemas na bexiga e a falta de sono atrapalham minha vida, em especial minhas viagens. Meus olhos ficam cansados com facilidade, o que torna a leitura desconfortável. O cansaço do dia às vezes me desgasta totalmente, o que me deixa deprimida. Cochilar ou descansar um pouco ajuda, assim como acalmar minha mente agitada fazendo algum exercício calmo de respiração e minhas orações.

 

Sou movida pela força de vontade e pelo senso de dever. Acho importante sermos a nossa própria força mental e emocional e nos sentirmos independentes. Sendo assim, compartilhar meus pensamentos, apreensões e ansiedade com amigos íntimos é algo que tem me ajudado na superação.

A satisfação e paz interior que sinto quando alguém afetado por EM me diz que sentiu-se bem depois de falar comigo me dá grande conforto.