20th Maio 2015

Eventos do Dia Mundial da EM decorrem apesar das adversidades

2015 Acesso
O Dia Mundial da Esclerose Múltipla é um dia de ação, celebração e conscientização, mas é também um dia de solidariedade para as pessoas que vivem com essa doença ao redor do mundo.
A esclerose múltipla não conhece fronteiras e, às vezes, a vidas das pessoas afetadas pela doença é dificultada por catástrofes e conflitos em seus países. Apesar dessas dificuldades, várias organizações de esclerose múltipla em países que estão atravessando situações de guerra, catástrofes e instabilidade política continuam planejando eventos para o Dia Mundial de Esclerose Múltipla. Esse fato nos deu mais motivação para chegar até outras pessoas afetadas pela doença e dizer “Você não está sozinho.”

Iraque

No dia 16 de maio, a Associação Hayah de Esclerose Múltipla realizou um evento de comemoração do Dia Mundial da Esclerose Múltipla, apesar dos confrontos armados contra o terrorismo e a problemática situação de segurança no Iraque. Taghreed Mahdi, Presidente da Associação Al Hayah de Esclerose múltipla no Iraque contou que:
“Essa situação dificulta as ações e a comunicação da associação. A insistência e a persistência dos pacientes em continuar os preparativos provam que esses desafios são apenas uma parte da luta contra a esclerose múltipla. Isso nos deu força para continuar trabalhando e nunca parar.”

Iêmen

A photo from Aden sent by Jeiab
Uma foto de Aden enviada por Jeiab

A vida é difícil e incerta para todo o mundo no Iêmen numa altura em que o país está envolto em diversos conflitos. A vida das pessoas com esclerose múltipla no Iêmen é mais difícil do que nunca. A Associação de Pacientes com Esclerose Múltipla de Iêmen-Aden havia planejado um programa de eventos para o Dia Mundial da Esclerose Múltipla 2015, porém foi obrigada a cancelá-lo. Essa semana, Jeiab da associação explicou por quê:
“A guerra tem um efeito paralisante em Aden e mais de um milhão de pessoas foram deslocadas. No último mês e meio, os habitantes de Aden Gorge têm vivido em guerra. O estádio de sítio provocou o corte de eletricidade, água, internet e telecomunicações, que nos impede de usar as redes sociais para comunicar.
Lamentamos ter de cancelar a celebração dos pacientes com esclerose múltipla esse ano, devido a circunstâncias fora de nosso controle, mas nosso país está em guerra. Aceite nossas sinceras desculpas e desejamos a todas as associações ao redor do mundo um enorme sucesso.”

Líbia
2014 foi o primeiro ano em que o Dia Mundial da Esclerose Múltipla foi celebrado na Líbia. Esse ano, a Associação Attfaal da Líbia está organizando um evento em Benghazi em parceria com um posto de saúde da cidade. Eles estão fazendo isso apesar dos desafios diários enfrentados pelos habitantes daquele país, incluindo:

– Conflitos políticos e dúvidas quanto à legitimidade (dois parlamentos e dois governos), que dificulta a realização de procedimentos oficiais
– Apagões diários que podem durar até 12 horas
– Ameaças terroristas graves – os espaços seguros são muito caros sem o apoio de um patrocinador para o evento
– Grande parte das organizações de saúde envolvidas com a Comunidade de Esclerose Múltipla já saiu do país e retirou seu apoio ao evento, o que coloca mais pressão sobre a capacidade financeira

Síria
Apesar do conflito atual, a vida continua para os habitantes da Síria. A Associação Síria de Esclerose Múltipla tinha planejado um evento para pessoas portadoras da doença. Porém, devido à guerra, o evento não pôde ser realizado. Mas ainda há boas notícias vindas da Síria, como podemos constatar nessa carta do presidente da Associação de Esclerose Múltipla, Abir Loutfi:
“Caros amigos, pacientes com esclerose múltipla nos países árabes e, particularmente, na Síria.
Envio os meus sinceros cumprimentos e desejos de melhoras muito em breve. Irmãos e irmãs na Síria: Gostaríamos de informar que estamos organizando um programa de atividades.
A todos os pacientes na Síria, nós nunca esquecemos você. Apesar da guerra catastrófica e do terrorismo que afetam nosso país, temos conseguido realizar tratamentos em hospitais nacionais em Allepo, para que o tratamento esteja disponível para pacientes nas regiões do norte e do nordeste. Apesar das muitas dificuldades e atrasos, os tratamentos já estão disponíveis para todos. Agradecemos sua compreensão e paciência.”

Haiti
O Haiti ainda está recuperando do terramoto devastador que atingiu o país há cinco anos. No entanto, ainda há esperança para os portadores de esclerose múltipla no Haiti. No Dia Mundial da Esclerose Múltipla desse ano, a ‘Association Haitienne de Sclerose En Plaque’ está realizando um evento para promover a conscientização da esclerose múltipla no país.

Essas histórias de eventos que estão sendo planejados para celebrar o Dia Mundial da Esclerose Múltipla, apesar dos desafios enfrentados, são uma inspiração para todos.  
Você pode mostrar que somos mais fortes que a esclerose múltipla #strongerthanMS, enviado uma mensagem de agradecimento.

 

Envie uma mensagem de agradecimento a Líbia

Envie uma mensagem de agradecimento a Iraque

Envie uma mensagem de agradecimento a Haiti

Envie uma mensagem de agradecimento a Síria

Envie uma mensagem de agradecimento a Iêmen

 

notícias relacionadas

21st Julho 2015

Que dia incrível! Este ano, aconteceram mais de 320 eventos do Dia Mundial da Esclerose Múltipla em 88 países. Esses…

A group of people post for a photo. It's a sunny day and everyone is smiling and giving a thumbs up. One man is in a wheelchair and two people crouch down beside him.
12th Maio 2015

A agenda do Dia Mundial da Esclerose Múltipla está se enchendo de eventos. Algumas organizações não têm site próprio nem…

21st Abril 2015

Esse ano, o Dia Mundial da EM celebra todas as pessoas que quebram barreiras na vivência com esclerose múltipla. Essas…